28/01/2020

O Jornal Mídia Kit Anuncie Edição Digital Fale Conosco  

28/01/2020

O sonho que se tornou realidade, Gisca nasce para conscientizar a população

Publicado em 18/12/2019

Por: José Fernando

Em 2005, foi fundado na Vila Joaniza, o projeto Gisca (Grupo de Integração de Saúde, Cultura e Amizade), após muita lutas conseguiram edificar um lugar para a diversão, saúde e esporte e principalmente, amizade entre as idosas da Cidade Ademar. Carente por mais lugares para lazer, o distrito Cidade Ademar/Pedreira possui poucos espaços para a diversão da população e o projeto Gisca chega para somar aos poucos que se tem.

O Grupo de Integração de Saúde, Cultura e Amizade oferece aos participantes aulas de danças fitness, aeróbica, artesanato e outras atividades, além de encontros com psicólogo que acontece nas segundas-feiras a partir das 14 horas. Por está num ambiente de saúde, ou seja, aos fundos da UBS Vila Constância na Rua Hermenegildo Martini durante a semana os que adentram o espaço estão seguros, portanto, a Unidade Básica de Saúde possui seguranças, porém aos finais de semana e feriados sem os guardas no local o cuidado contra assaltos e furtos redobram. Para se ter ideia, após os primeiros voluntários entrarem no Gisca no dia 16/12 sentiram falta de uma caixa de som e de um microondas, ou seja, foram furtados na noite do dia 15/12 (domingo).

A idealizadora do projeto Silvana Delisse  Vieira Pulvinete, 72, ao adentrar na quadra do Gisca e perceber o ocorrido, senta-se no chão e começa a chorar. São lágrimas de inconformidade, pois depois de muito esforço para adquirir a caixa de som e o microondas, frutos de ajuda dos participantes serem levados por assaltantes. "É perceptível a insegurança que os munícipes possuem, principalmente, os idosos mais vulneráveis a esta situação" relata Silvana  Pulvinete.

Ainda de acordo com a Silvana "tudo começou há aproximadamente 15 anos na Unidade Básica de Saúde. Antes disso, dávamos aulas de ginástica no pátio da delegacia do 80° D.P, ficamos no pátio o equivalente há dois meses, passamos também pelo colégio México, mas devido ao barulho tivemos que nos retirar. Fomos então a dá aulas nas ruas, mas era muito ruim devido às chuvas e a passagem de carros. Tivemos a ideia de falar com o subprefeito da época Fernando Fernandes sobre o espaço que atualmente funciona a UBS. Antigamente, aqui era um sacolão desativado e já estava sendo demarcado para dá lugar a Unidade de Saúde. Quando falei com o subprefeito sobre o Gisca, ele imediatamente nos autorizou a utilizar. Com muito esforço conseguimos afastar a invasão que existia aqui, pois era muito frequentado por usuários de drogas e skatistas, tinham garotos que vinham da zona leste para usufruir do espaço, mas com muito esforço e empenho conseguimos tirá-los, construir os muros e formar está maravilhosa quadra que é hoje" afirma Silvana.

O projeto Gisca é formado por voluntários e pretende alavancar suas atividades e oferecer as idosas e munícipes do bairro mais diversidade de atividades artísticas como o teatro, por exemplo. Mas, para que isso ocorra a idealizadora Silvana Pulvinete, precisa do aval da secretaria de Saúde e segundo ela o pedido para vir a ser deferido e protocolado demora meses. Se você não conhece o Gisca, agende-se e compareça para uma visita e participar das atividades. O grupo funciona de segunda a sexta-feira das 07h às 19h, entrada pelo Posto de Saúde. O grupo trabalha aos participantes o quão importante é a reciclagem para o planeta e possui espalhados por toda a extensão da quadra objetos decorativos feitos a partir da reciclagem como Lustres nos banheiros, pinturas e bancos de tampas de garrafa pet, a cortina do palco principal feita com lacres de lata de refrigerante dentre outros atributos, vale a pena conferir.

 

Endereço: Rua Hermenegildo Martini, s/n - Vila Constancia

 

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade